Inovação

Em parceria com o Instituto Senai de Inovação em Biossintéticos e Fibras e com a indústria de cosméticos Apoteka, a Klabin finalizou os testes para a produção de álcool em gel 70% a partir da celulose microfibrilada. Conhecida como MFC, ela é extraída da madeira e consegue substituir o carbopol, um dos principais componentes utilizados na fabricação do álcool em gel. O produto ainda está em processo de validação pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas já possui laudos técnicos que garantem a sua ação antibactericida. Além disso, a MFC utilizada para este fim é um tipo específico de nanocelulose. Por ser mais homogênea, evita o ressecamento da pele pelo uso contínuo, garantindo a hidratação das mãos. A expectativa é que o produto seja aprovado o quanto antes para ser produzido e atender às demandas do mercado. O álcool em gel é um dos principais aliados na prevenção à propagação do novo coronavírus, vez que atua na assepsia das mãos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *