Tecnologia supera limites – Edição 37

Em tempos de crise econômica, buscar soluções para os problemas da indústria é tarefa árdua, mas a tecnologia pode trabalhar a seu favor. Com os sinais de recuperação do mercado brasileiro, a expectativa é de que a indústria florestal siga crescendo, desenvolvendo novas ferramentas e processos e criando inúmeras vagas de emprego, característica principal do ramo do papel e da celulose. Confira a seguir algumas das principais novidades tecnológicas do setor.

Rede atualizada
Procurando trazer excelência para o setor industrial a partir da disponibilidade e da escalabilidade, a centenária Yokogawa, referência na ramo de automação e controle (IA), lançou no começo deste ano uma nova versão, atualizada, de um sistema baseado na Rede Stardom, comandado por um controlador autônomo FCN, que permitirá a construção de sistemas que contenham mais pontos de I/O. A novidade foi divulgada durante a feira de Sistema de Controle/Show de Medição e Controle de 2017, em Tóquio, um dos principais eventos do setor. Usando cabos de fibra ótica comercial e conversores de mídia, o sistema Stardom pode alcançar distâncias de muitos quilômetros. Esta nova versão do sistema incluirá um novo módulo de interface de barramento que se desenvolveu para se utilizar nas unidades de extensão do controlador autônomo FCN- Para conectar a unidade de controle com a unidade de extensão, a Yokogawa desenvolveu o barramento de expansão E2. Esse dispositivo consiste de um módulo de interface operacional que é instalado em cada unidade junto com um cabo convencional de rede Ethernet. Essa nova ferramenta será capaz criar sistemas que contenham mais pontos de I/O, e contará com três tipos diferentes de base de módulos disponíveis: uma base longa com 10 slots para módulos, uma base curta para cinco slots de módulos e a grande novidade dessa versão: uma base compacta nova para três slots de módulos. Cada um deles poderá ser adequado a partir da necessidade dos consumidores, que poderão combinar os três tipos diferentes de base de módulos dependendo da quantidade de pontos de I/O e a quantidade de espaço disponível para a instalação. O segmento de automação e controle possui um papel vital em uma grande variedade de indústrias incluindo as companhias do ramo de óleo, química, gás natural, energia, siderúrgica, assim como o setor de papel e celulose. No caso da indústria florestal, a ferramenta é aconselhável em fábricas de pequeno para médio porte.

Avanço virtual
A Klabin realizou a segunda edição do Inova Klabin, evento realizado em São Paulo (SP) que reuniu diretores, clientes e fornecedores que discutiram o futuro do mercado de papel e embalagens e a responsabilidade da Klabin nesse cenário. Durante os dois dias de reuniões e exposições, a empresa mostrou aos visitantes dois simuladores de harvester e de forwarder, sistema de óculos de realidade virtual utilizados para o treinamento de colaboradores da Klabin. A simulação é responsável pela capacitação dos mecânicos de campo, auxiliando na memorização da rotina, como funções de desmontagem e checagem operacional. Esse sistema foi disponibilizado para o teste dos participantes, que puderam simular o desmonte de equipamentos e conhecer o interior das máquinas. No local da convenção, ainda foi possível conhecer um pouco sobre as áreas de pesquisa do Centro de Tecnologia da Klabin, assim como descobrir algumas possibilidades de utilização dos componentes da madeira, como a substituição de combustíveis fósseis em alimentos. Outro destaque do Inova Klabin foram as inúmeras experiências imersivas à disposição de quem passou pela feira. Sob o tema: Inovação com propósito; as atividades práticas foram divididas em quatro campos (tecnologia florestal e fibras, excelência operacional, design cocriado e gestão sustentável), promovendo reflexões sobre bioeconomia e conscientização ambiental.