O Peso da Celulose

A indústria paranaense cresceu 24,1% entre abril e maio deste ano. O indicador positivo aparece depois de dois meses seguidos de queda acentuada devido aos reflexos provocados pela pandemia do novo coronavírus. Trata-se do melhor resultado do Brasil, já que a indústria nacional cresceu 7% nesse período. Na análise setorial feita entre maio de 2019 e maio de 2020, apenas quatro dos 14 ramos divulgados apresentaram taxas positivas no Paraná: celulose, papel e produtos de papel, produtos alimentícios, derivados de petróleo e biocombustíveis e produtos químicos. No acumulado de 2020, somente derivados de petróleo e biocombustíveis (9,3%), indústria alimentícia (6,9%) e celulose, papel e produtos de papel (6,5%) registraram variações positivas na comparação com os cinco primeiros meses de 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *