Constante Evolução

Para que qualquer setor industrial siga crescendo e se desenvolvendo, é fundamental que os campos de pesquisa e inovação estejam atentos às necessidades operacionais e de matéria-prima, tão necessárias para o progresso do setor de papel e celulose, responsável por criar milhares de empregos em todo o país. Separamos dois exemplos de pesquisas científicas que trazem novos métodos de produção dessa matéria-prima, mais econômicos e sustentáveis.

Pesquisadores na Estônia estão desenvolvendo um novo método para produção de nanofibras que podem inovar a indústria têxtil, a agricultura e a medicina. O estudo desenvolvido por cientistas da Universidade de Tecnologia de Tallinn foi publicado na revista científica Carbon, uma das mais relevantes da área.

O outro exemplo são os parceiros do projeto Provides, financiado pela União Europeia, que desenvolveram uma tecnologia inovadora para matérias-primas lignocelulósicas à base de madeira e agro-base.

Leia mais aqui.